contato

  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube

me siga!

©2019 por Nathalia Rotsztejn Design

Buscar

Aromaterapia na gestação, parto e pós-parto

Atualizado: 16 de Jan de 2019

Por Priscila Camacho




Os óleos essenciais apesar de 100% naturais, precisam ser utilizados com auxílio de um profissional para que possam ser selecionados de forma segura e eficiente para cada caso, por isso não utilize-os sem orientação. 

O que é aromaterapia?


Aromaterapia é uma prática terapêutica que utiliza óleos essenciais 100% puros com a finalidade de harmonizar e equilibrar o ser de forma completa, ou seja, física, mental, emocional e espiritual, sendo assim, a aromaterapia faz parte das terapias holísticas.

Os óleos essenciais podem ser inalados, estimulando o cérebro pelo sistema límbico e ou podem ser absorvidos pela pele onde passeiam por toda a corrente sanguínea promovendo benefícios por todo o corpo.


Como realizo o atendimento?


Primeiramente faço a anamnese com a finalidade de entender quais foram os motivos que levaram a gestante ou puérpera a procurar a aromaterapia além de identificar quais questões estão a afetando física e ou emocionalmente naquele momento.

A partir desse momento seleciono alguns óleos que auxiliarão nas questões que ela mencionou, após a seleção é feito o teste olfativo, que consiste na avaliação pelo olfato quais óleos ela mais gostou dando notas ao avalia-los. Com o teste podemos passar para o último passo, a sinergia, que nada mais é do que o óleo vegetal base ou carreador + os óleos essenciais com as notas mais altas.

O teste olfativo é uma maneira muito eficaz e confiável, pois o próprio organismo sendo imensamente inteligente é capaz de selecionar através do olfato, os óleos que trabalharão as questões que se encontram em desarmonia, sejam elas físicas, mentais, emocionais e ou espirituais.


Aromaterapia na gestação


A aromaterapia é uma grande aliada na gestação pois ela irá trazer para a gestante maior estabilidade física e emocional que normalmente estão em desequilíbrio nesse momento além de proporcionar bem-estar, aliviando sintomas de cansaço, pré-ocupações, enjoos, insônia, dores nas costas, entre outros.


Aromaterapia no trabalho de parto


Quando a gestante chega próximo a data provável do parto, é feita uma sinergia para o trabalho de parto, que normalmente são utilizados óleos essenciais que auxiliam nas dores, nos medos, na falta de confiança, no empoderamento e que também auxiliam para que as contrações sejam mais eficientes. No trabalho de parto utilizo essa sinergia para fazer as massagens específicas tanto para o relaxamento quanto para o alívio da dor. Além disso também é possível utilizar os óleos essenciais puros em um difusor, onde pode-se ir selecionando os óleos que irão auxiliar em cada fase do trabalho de parto.




Aromaterapia no pós-parto


O Puerpério ou pós-parto é um dos momentos mais delicados da mulher como expliquei no no texto sobre os benefícios do Reiki, Com isso a aromaterapia se mostra muito eficiente também nesse momento. A puérpera se sentirá muito mais fortalecida após os benefícios que os óleos essenciais trarão para o dia a dia dela e com certeza auxiliara em todos os desafios que esse momento traz.




Espero que tenham gostado!


Compartilhem com a geste sua experiência com os óleos essenciais aqui nos comentários.


"Em um mundo de muitas responsabilidades e demandas, que possamos nos presentear com as sutilezas que nos são oferecidas pela natureza e pelo Universo!"
3 visualizações